Neil Gaiman e sua criatividade fantástica

O autor multidisciplinar Neil Gaiman.

O escritor multidisciplinar Neil Gaiman.

Neil Gaiman é autor de diversos best-sellers, e um dos melhores escritores de histórias em quadrinhos e graphic novels da atualidade. Ele é citado no Dicionário de Biografias da Literatura Americana por ser “um dos dez melhores escritores pós-modernos ainda vivos, e que desenvolveu trabalhos em diversas áreas: prosa, poesia, filme, jornalismo, quadrinhos, letras de música e teatro.” Dicionários à parte, é leitura obrigatória para leitores de plantão.

No Brasil, Neil Gaiman começou a ser conhecido por sua série de horror e fantasia Sandman, criada em 1988, ganhadora de 9 prêmios Will Eisner (o ‘Oscar’ dos quadrinhos) e um prêmio World Fantasy Award for best short history em 1991, fazendo dessa a primeira vez que uma história em quadrinhos ganhou um prêmio de literatura.

É composta por treze livros (ou arcos): Prelúdios e noturnos, A casa de bonecas, Terra dos sonhos, Estação das Brumas, Espelhos distantes, Um jogo de você, Convergência, Vidas breves, Fim dos mundos, Entes queridos, Despertar, Exílio e A tempestade. A série trata da história de Sandman, ou Morpheus, o senhor do mundo dos sonhos. Na história de Gaiman, ele é um dos Perpétuos, grupo de seres que personificam vários aspectos do universo. Os irmãos de Sonho são: Destino, Morte, Destruição, Delírio, Desejo e Desespero.

1. Capa de Prelúdios e Noturnos; 2. Sonho idealizado por Mike Dringenberg & Malcolm Jones III; 3. Página da série.

1. Capa de Prelúdios e Noturnos; 2. Sonho idealizado por Mike Dringenberg & Malcolm Jones III; 3. Página da série.

As histórias de Gaiman na série são intrigantes, sofisticadas e algumas vezes pertubadoras, e o visual não deixa por menos. As capas de Sandman são assinadas pelo artista Dave McKean, também conhecido por seu trabalho com Grant Morrison no clássico HQ Batman: Asilo Arkham.

Gaiman escreveu várias graphic novels e algumas foram traduzidas para o cinema, mas com um toque mais leve e comercial. Essa diferença é visível em Stardust, um premiado conto de fadas para adultos, escrito em prosa e ilustrado por Charles Vess. O filme é para crianças e sua história é apenas baseada no livro, vários trechos foram adaptados e amenizados, não é fiel.

1. Capa de Stardust; 2. Poster do filme Stardust, estrelado por Michelle Pfeiffer, Robert De Niro e Claire Danes; 3. Poster da Animação Coraline, baseada em um conto infantil de Gaiman.

1. Capa de Stardust; 2. Poster do filme Stardust, estrelado por Michelle Pfeiffer, Robert De Niro e Claire Danes; 3. Poster da Animação Coraline, baseada em um conto infantil de Gaiman.

Sua história para crianças, Coraline e o Mundo Secreto escrita em 2002, virou uma animação dirigida por Henry Selick, em 2009, e fez um enorme sucesso, tornando o escritor ainda mais conhecido. Você pode saber sobre outros trabalhos de Neil Gaiman aqui.

O site oficial de Neil Gaiman, que pode ser acessado aqui, tem mais de um milhão de visitas mensais e seu blog é assinado por novos leitores todos os dias.

Anúncios

2 Respostas para “Neil Gaiman e sua criatividade fantástica

  1. Pingback: Stardust: um conto de fadas para adultos « SAIBADESIGN·

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s