Alex Ross e sua arte realista

Ao observar sua história, parece simplesmente óbvio que Alex Ross se tornaria um dos mais proeminentes e respeitados desenhistas de histórias em quadrinhos de todos os tempos. É um trabalho pelo qual ele se preparou por toda sua vida.

Nascido em Portland, no estado do Oregon, nos EUA, e criado em Lubbock, Texas, Alex iniciou-se na carreira artística com apenas três anos. De acordo com sua mãe, ele pegou um pedaço de papel e desenhou imagens de um comercial de TV que tinha assistido minutos antes. Ross veio de uma família artística: sua mãe era desenhista commercial e seu avô construia brinquedos de Madeira articulados e adorava desenhar.

Quando Ross descobriu o Homem-aranha em um episódio de The Eletric Company, sua vida mudou para sempre. “Eu me apaixonei pela noção de que existiam personagens tão coloridos, fazendo o bem e muitas vezes feitos fantásticos” diz Ross. “ Acho que soube que era isso que queria fazer. Eu queria trazer esses personagens à vida. Super-heróis são uma mistura de toda as formas de ficção: mitologia, ficção científica, mistério e magia – tudo em um pote gigante. Os melhores personagens possuem virtudes que tentamos encontrar em nós mesmos.”

Alex Ross foi muito influenciado pelo trabalho de desenhistas como George Perez e Berni Wrightson, mas foi a admiração pelo trabalho realista de Norman Rockwell que definiu a marca registrada de seus desenhos: o foto realismo.

Aos 17 anos Ross foi estudar pintura em Chicago, na Academia Americana de Artes, o mesmo lugar onde sua mãe estudou.

Estudar na Academia permitiu a Ross se aprofundar nos mestres da pintura, entre eles, Salvador Dali. “ Salvador Dali acabou se tornando uma grande influência. Ele tinha uma imaginação vívida e uma qualidade hiper realista que tinha desaparecido dos quadrinhos há muito tempo. Passei a estudar ilustradores norte-americanos clássicos, como Rockwell, J. C. Leyendecker. Já fui chamado de o ‘Norman Rockwell dos quadrinhos’ centenas de vezes. Não vou sugerir que estou no mesmo nível de Rockwell, mas sempre busquei atingir aquele tipo de realismo nos meus trabalhos.”

Nos últimos dez anos a maior parte de seu trabalho foi direcionada para a Marvel Comics e a DC Comics. Ele também é co-criador da série Astro City, que explora o mito de super-heróis.

Entre os trabalhos de Ross destacam-se Marvels (ed.Marvel, 1994), minissérie em quatro partes, sobre o ponto de vista de pessoas comuns em um mundo recém apresentado aos super-heróis e Kingdom Come (Reino do Amanhã, DC, 1996), sobre um futuro violento onde os humanos não conseguem mais conviver com os supra-humanos. No final dos anos 90 e começo dos anos 2000, Ross lançou em parceria com Paul Dini histórias em formato tablóide comemorando o aniversário de 60 anos dos ícones Superman, Batman, Mulher-Maravilha e Capitão Marvel.

Ao olhar a história de vida de Alex Ross, observamos uma importante lição: siga seus sonhos. Lição essa que não está distante do tipo de mensagem que encontramos em suas histórias.

Se você gosta do trabalho de Alex Ross uma boa pedida é o livro Mithology com imagens do arquivo pessoal de Ross, making off de ilustrações, enfim, vale a pena ter. Para acessar o site oficial clique em Alex Ross. A seguir um vídeo com o próprio artista falando sobre seu trabalho e mostrando seus desenhos.

Fonte: SAIBADESIGN, Wikipedia, Alex Ross Oficial Website.

Anúncios

Uma resposta para “Alex Ross e sua arte realista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s